RECEITAS INFO. | DÚVIDAS
 
 
Celulite: Solução pode estar no prato

NESTA ÉPOCA, EM QUE AS ROUPAS COMEÇAM A REDUZIR-SE, FICA MAIS DIFÍCIL ESCONDER A INDESEJÁVEL CELULITE. CONTUDO, ALGUMAS SIMPLES MUDANÇAS NA ALIMENTAÇÃO PODEM AJUDÁ-LA – E MUITO – A COMBATER ESTE FANTASMA.

A puberdade é marcada por inúmeras alterações no corpo da mulher. Algumas são bem vindas. Outras nem tanto. A celulite é um mal que aflige as mulheres a partir dos 15 anos e que, com o passar do tempo, pode ver os seus efeitos agravados, se a mulher não tiver especiais cuidados.
O aparecimento da celulite inicia-se na fase em que os estrogénios (hormona feminina) começam a ser produzidos em maior quantidade. Esta hormona, por sua vez, é responsável pelo aumento da retenção de líquidos, o que provoca uma concentração maior de gordura nas coxas e nádegas. Quando as células não conseguem libertar mais água e toxinas, estas incham e comprimem os vasos sanguíneos, aprisionando o tecido adiposo e provocando alterações no relevo da pele.

PESADELO DE GORDAS E MAGRAS

O terror da pele «casca de laranja» não assusta apenas as mais gordinhas. As mulheres magras também sofrem com este pesadelo. Hereditariedade, sono irregular, sedentarismo, anti-concepcionais, stress, álcool, tabaco, gravidez e má alimentação são factores que facilitam a instalação do tecido adiposo e o aparecimento das depressões.
Para solucionar o problema da «casca de laranja», não há nada melhor que aliar uma dieta equilibrada à prática regular de actividade física.
A boa notícia é que todos os graus de celulite podem ser beneficiados com a mudança alimentar. No entanto, pessoas com graus moderados de celulite 1 e 2 (ver caixa) são as que apresentam os resultados mais satisfatórios. Nos graus 3 e 4, a probabilidade da celulite desaparecer só com alimentação equilibrada é muito reduzida, mas ajudará a deter o processo de fibrose.

O QUE EVITAR

GORDURAS SATURADAS

A gordura saturada é considerada uma das piores gorduras para o organismo, pois aumenta o colesterol mau e reduz o colesterol bom, que tem como principal função remover as placas de gordura dos vasos sanguíneos.

SAL

O excesso de sal provoca inchaços e dificulta a drenagem linfática do organismo, retendo os líquidos. Esta acumulação de água e toxinas favorece o depósito de gorduras.

HIDRATOS DE CARBONO

Metabolizados, os hidratos de carbono refinados transformam-se em pouco tempo no organismo e podem ser acumulados sob a forma de gordura, aumentando o tecido adiposo das células. Por isso, evite as farinhas refinadas; no caso das massas, opte pelas integrais e de sêmola, que ajudam no funcionamento do intestino.

REFRIGERANTES

Não é o refrigerante em si que causa o problema da celulite, mas contribui para a acumulação de gordura no corpo, por apresentar excesso de calorias e vir, quase sempre, acompanhado de algum tipo de fritos ou alimentos calóricos.

CONSERVANTES E CONDIMENTOS

Por conterem muitos químicos na sua composição, pioram a aparência da celulite. A maionese, por exemplo, apresenta muita gordura, o que contribui para o entupimento das veias. Alimentos em conserva, em geral, contêm demasiado sal e dificultam a drenagem linfática.

DOCES

Ricos em açúcares refinados, os doces, depois de digeridos, se não forem gastos com a prática de exercício físico, podem transformar-se em gordura. Estes depósitos de gordura podem comprimir os vasos sanguíneos, agravando o aspecto da celulite. Por isso, fuja dos chocolates, bolachas e bolos.

QUE DEVE CONSUMIR

FIBRAS

Importantes para o funcionamento do intestino, as fibras ajudam na digestão e na eliminação das toxinas. Esta limpeza no organismo ajuda a pele a ficar mais nutrida e firme. As fibras estão presentes em alimentos como os cereais integrais, pães integrais, aveia, gergelim e óleo de linhaça.

PROTEÍNAS

Auxiliam a queimar gorduras e aumentam a massa muscular. Além disso, são um excelente reconstrutor celular. Este nutriente pode ser obtido nos ovos (cozidos), queijos brancos, iogurte natural ou light e carnes magras.

VITAMINA C

As frutas oxidantes – ricas em Vitamina C –, como a laranja e o abacaxi, enrijecem a pele, aceleram o metabolismo, estimulam a combustão de gorduras e actuam como diuréticos. No entanto, lembre-se: são alimentos que devem ser consumidos ao natural.

LÍQUIDOS

Beba, pelo menos, dois litros por dia. A água ajuda a limpar o organismo das toxinas. Para quem não gosta ou não consegue beber água, opte por caldos, sumos naturais e chás (uma óptima opção é o chá verde, bastante diurético). Mas tenha cuidado com os sumos naturais, porque alguns são altamente calóricos.

VITAMINA A

Uma fonte que garante a remoção de células mortas, deixando a pele mais saudável. A vitamina A é obtida através da ingestão de legumes de cor laranja, como a abóbora e a cenoura, bem como a partir de verduras verde-escuras, como os espinafres.

GORDURA MONOINSATURADA

Esta gordura, considerada “boa”, aumenta o colesterol HDL, cuja presença é benéfica para o organismo. A gordura monoinsaturada pode ser adquirida nas nozes e no azeite.

IODO

Activa as hormonas da tiróide, que estimulam a combustão de gordura, deixando a pele mais saudável e firme. Para obter este nutriente, coma alcachofras, bananas e morangos.

SELÉNIO

Além de proteger as células contra os radicais livres (um dos precursores da celulite), o selénio é desintoxicante – ou seja, promove a desobstrução da gordura presente nas células. As nozes, leguminosas (como feijão, lentilhas e grão) hortaliças (alface, espargos e cenoura) também fazem parte dos alimentos que contêm selénio.

MAGNÉSIO

Este nutriente pode ser encontrado em vegetais escuros, como brócolos e espinafres. Estes ajudam na digestão dos alimentos e impedem que as gorduras sejam absorvidas pelo organismo. Para temperar, utilize apenas azeite e limão.

ÓMEGA 3

Sementes de linhaça e peixes como o salmão e o atum são ricos em Ómega 3, ácido gordo que estimula a circulação sanguínea, fazendo com que a pele volte a ser oxigenada. É aconselhável ingerir as sementes de linhaça no período da manhã, na altura do pequeno-almoço.

Identifique o seu tipo de celulite

GRAU 1 – A celulite é pouco visível. Só aparece se apertar a região ou contrair a musculatura.

GRAU 2 – É possível verificar leves ondulações na pele, principalmente nas ancas e coxas.

GRAU 3 – A celulite já está estabelecida e é perceptível uma certa aderência. As ondulações começam a apresentar o aspecto de “casca de laranja”.

GRAU 4 – Os nódulos são sensíveis ao toque, o aspecto “casca de laranja” intensifica-se e a celulite torna-se mais dura e dolorosa.

Bebida anti-celulite

Diminui a retenção de líquidos, ajuda a remover as toxinas do organismo e promove o aumento da irrigação e oxigenação das células.

Ingredientes
 1/2 cenoura
 1 morango
 1 colher de sopa de gérmen de trigo
 1/4 pepino com casca
 1/2 maçã pequena com casca

Modo de preparação

Coloque todos os ingredientes na centrifugadora com água (em média, um copo). O sumo deve ser bebido imediatamente após ser tirado da centrifugadora. O ideal é consumi-lo ao pequeno-almoço.

Preparação adequada

Além de optar por alimentos mais saudáveis, a forma de preparação também é importante para não perder os nutrientes e as vitaminas que ajudam no verdadeiro combate à celulite.
Em vez de óleo, opte pelo azeite. Além disso, muitos alimentos podem ser fritos ou cozidos sem adição de gordura. Para tal, utilize uma frigideira com revestimento anti-aderente ou uma panela eléctrica para cozinhar ao vapor. A cozedura também pode ser efectuada em papel de alumínio ou numa panela de barro, em que todos os nutrientes são preservados.
Não adicione muito sal durante a preparação dos alimentos ou depois de prontos. Um conselho para resistir à tentação é não colocar o saleiro na mesa.
Lave muito bem as folhas das verduras por causa dos insecticidas, que também contribuem para piorar o estado da celulite. Pode optar por comprar verduras de cultura biológica. No caso de não conseguir encontrá-las, o truque é deixar as folhas submersas em dois litros de água, durante uma hora, com cerca de 30 gotas de cloro ou vinagre.
Não utilize microondas, porque, para haver um aquecimento mais rápido, as moléculas são agitadas, fazendo com que as enzimas e proteínas dos alimentos sejam destruídas.
Não descasque as frutas. Muitas delas, como maçãs, peras e tomate, contêm na casca fibras que ajudam na digestão, para além de vitaminas. Por isso, aconselha-se lavar bem a fruta com água, para poder consumir também a casca.


Artigo publicado na SAÚDE E BEM-ESTAR nº 169 / Maio 2008

2007 Terra Pura . Todos os direitos reservados - Hosting PapelDigital.eu